quinta-feira, 31 de maio de 2007

Debate histórico para os fãs de TI


Reprodução D: All Things Digital

Quarta feira, 30 de maio de 2007. Um dia para ser lembrado com respeito, para quem acompanha a história da microinformática.
Ontem, após passarem boa parte de sua vida às turras, Bill Gates, chairman da Microsoft e Steve Jobs, principal executivo da Apple, estiveram juntos no mesmo palco em Carlsbad, Califórnia, no evento patrocinado pelo The Wall Street Journal (artigo completo só para assinantes).
No evento denominado D: All Things Digital, os dois estavam afáveis e trocaram muitas piadinhas.
Para ler um resumo do encontro histórico em português, clique aqui para entrar no G1.
Mas vale mesmo a pena assistir aos vídeos do debate (em inglês) no sítio do D: All Things Digital.
Após trocarem mútuos elogios, estimulados pelos entrevistadores, Jobs chegou a dizer:
- Mantivemos nosso casamento em segredo durante mais de uma década.

5 comentários:

Val-André Mutran disse...

Dois dos mais brilhantes homens da era moderna, prevista após a 3ª Onda de Alvin Toffler.

Flanar disse...

Sem a menor dúvida, Val-André. Acrescentaria também Linus Torvalds, injustamente esquecido neste debate.

Antonio disse...

Acredito que a última vez em que dividiram publicamente o mesmo palco foi em 1997, em Boston na Macworld, quando foi anunciado o retorno triunfal de Jobs.

http://www.youtube.com/watch?v=qJs6MB077Bw
http://www.youtube.com/watch?v=WxOp5mBY9IY

Já se passaram 10 anos desde então e a indústria mudou completamente.

Gates já anunciou sua aposentadoria e entra para a história como o sujeito que mais contribuiu para a popularização do computador, Steve "Developers" Ballmer segue a frente da gigante com suas "sandices", travando uma luta inglória (eu gostaria de dizer de maneira brava e digna, mas infelizmente não posso) contra a obsolescência do seu modelo de negócios e Jobs se consolidou definitivamente, mesmo com todos os seus defeitos, como uma das figura mais importantes inovadoras de toda dessa indústria. Com uma incontestável importância tanto para o século 20, quanto para esse início de século 21.

Abraço,

ASF
http://antoniofonseca.wordpress.com

Antonio disse...

Agora quanto ao tal "debate" promovido pelo WSJ, foi morninho, insoso e muito sem graça. :-)

Abraço,

ASF
http://antoniofonseca.wordpress.com

Flanar disse...

Olha que eu acabei gostando. Entendo que eles bem que poderiam ter tocado nas feridas comerciais do passado e do presente. Mas para um evento meio que "produzido", não se poderia esperar outra coisa mesmo.
É só pra inglês ver.
Abs