quarta-feira, 6 de junho de 2007

Black List

Apesar da relevância da notícia, a grande imprensa de Belém não publicou UMA LINHA SEQUER sobre a rejeição de quatro ações judiciais dos Maiorana contra Lúcio Flávio Pinto pela juíza Odete da Silva Carvalho. Para não dizer que NADA foi publicado, apenas Elias Pinto, irmão do jornalista, conseguiu publicar no Diário. Para não incorrer em nenhuma injustiça, chequei a informação com outros companheiros da blogosfera, tendo em vista que algo poderia ter me passado.
Tal fato, só traz mesmo um efeito colateral de suprema importância: aumenta mais ainda a credibilidade de Lúcio.

4 comentários:

crisblog disse...

É verdade Flanar.
Mas os blogs fizeram a festa!!!!
Um Viva para nós!
Gostei do título deste post! rsrs

Beijos e bom dia!

Val-André Mutran disse...

O Jeso, O 5.a e os Corredores, publicaram com algum destaque várias visões sobre alguns elementos perniciosos envolvendo a Liberdade de Imprensa. Ainda não publiquei um post específico sobre Lúcio Flávio Pinto, por puro cuidado com o que estou reunindo numa pesada pesquisa para desembocar em mais este capítulo que é, sem dúvida, o nosso melhor jornalista.
Estou relendo alguns livros consagrados para formar uma opinião, digamos, bem pessoal.
Desnecessário dizer sobre os elementos que envolvem o fato. Concorda Barreto?

Flanar disse...

Partindo de vc, Val-André, deve vir coisa interessante por aí.

crisblog disse...

Caramba...esse Val é bão mesmo!

E muito carinhoso!

Beijos aos dois.