quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Farewell, Hummer!


Hummer H3

Para os entusiastas de carros e veículos automotivos em geral a notícia triste do dia é a extinção da marca Hummer, pela General Motors.
O motivo parece ser o fracasso da venda da mesma ao grupo chinês Tengzhong.
Com o fim da fabricação dos carros da marca, a GM assumirá a garantia e a manutenção dos mesmos.
Apesar de não entender nada de economia, vejo com apreensão outros fracassos da outrora poderosíssima megacorporação, como a não conclusão da venda da marca Saturn ao grupo americano Penske, em 2009, a dificuldade em vender a sueca Saab para o grupo Spyker e as notícias do fechamento da Pontiac nos próximos meses.
Por sorte nossa (ou azar?!) a filial brasileira parece não ter muita ligação com a matriz e tem seguido diretrizes do braço chinês da GM.
Mas que a Hummer deixará saudades a nós, meros admiradores, isto é fato.
Farewell!

16 comentários:

Itajaí de Albuquerque disse...

Quando saia hoje do trabalho passei por um. Quem seja o proprietário tem de ser dono de posto de gasolina ou acionista gordo de empresa petrolífera.

Scylla Lage Neto disse...

Isso é verdade, Itajaí. But who cares?
Abs.

Francisco Rocha Junior disse...

Em duas viagens diferentes, vi Karl Lagerfeld, o cap da Maison Chanel, descendo de um Hummer no Boulevard Saint-Germain, em Paris. A cada vez, o modelo era diferente. Sinal de que, apesar do jeitão de tanque, o carro agrada a fashionistas e troianos...

Felipe Ericeira disse...

ACABA DE ENTRAR NO AR O BLOG DO PREFEITO DE ANANINDEUA HELDER BARBALHO, É MAIS UM POLÍTICO QUE ADERE A TECNOLOGIA DA INTERNET PARA SE RELACIONAR COM A POPULAÇÃO.

EIS O ENDEREÇO: blogdohelderbarbalho.blogspot.com

Abraço
Felipe Ericeira
Raizesdoananin.blogspot.com

Itajaí de Albuquerque disse...

Scylla, ao menos a quem tem um pouco importa. E eis que, a propósito, lembrei de um ditado: "Quem pode, pode; quem não pode se sacode!

Itajaí de Albuquerque disse...

Ei, Francisco, que história é esta de ficar seguindo o Karl Lagerfield?!

Scylla Lage Neto disse...

Ei, Itajaí, eu estava brincando (e/ou provocando) - just kidding!
Como eu não posso, toda vez que um Hummer passa, eu me sacudo e dou uma espiada...
Tem um H3 amarelo em São Paulo que é famoso torcedor de pescoços.
Abs.

Scylla Lage Neto disse...

Francisco, acho que os estilistas curtem carros. Uma das maiores coleções privadas de carros clássicos pertence ao Ralph Lauren.
O "nosso" finado Clodovil desfilava nos Jardins com um MP Lafer aos sábados.
Agora o Karl Lagerfeld e seu Hummer.
Valeu.

Lafayette disse...

O Hummer H3 é uma porcaria! é mesmo!

Em uma pesquisa mundial, perdeu para o CJ5, sim, o velho Willys.

Claro que ganhou em conforto e tal, mas, a pesquisa envolvia, também, cumprir uma missão off road, e, nela tinha uma passagem, limitada por duas colunas laterais... o Hummer, largo pacas, simplesmente não passou! réréréré

Maldade dos organizadores colocarem esta passagem, mas, tudo bem...

Ah, e o H3 tem um problema crônico no "garfo" das rodas dianteiras, quebra relativamente fácil, ou melhor, não era para quebrar, devido a propaganda divulgada ao Hummer.

Mas, o sonho é o H1 (ele aparece na foto da postagem do Raul - CNN).

O H1, este sim um colosso, é o militar (ops, claro que a defesa americana não permite que o mesmo seja vendido com os "truques" do utilizado nas forças armadas, assim, a versão civil é menos abastecida, digamos assim).

Salvo engano, inclusive, o H1 não pode ser vendido para sair dos EUA, mesmo o 'civilizado'.

Bem, como diria aquela famosa raposa... sou mais o meu Engesa! ;-)

Francisco Rocha Junior disse...

Itajaí, o cara é que estava me seguindo. Afinal, eu sou mais famoso que ele!

Francisco Rocha Junior disse...

Scylla, estilistas curtem luxo, afinal.

Raul Reis disse...

Um péssimo, péssimo veículo, além de horroroso. A falência da marca Hummer aqui nos EUA (ela pertencia `a gigante GM), é um ótimo presságio. O Hummer marcou a pior fase da indústria automobilistica americana: bulky, gas-guzzling, antiquated vehicles.

Vaya con Dios, Hummer...

Raul Reis disse...

Para mim, deste tipo de veículo, nada supera os velhos Bandeirantes da Toyota. Os modelos antigos bem conservados vendem por $10.000 e pra cima por aqui.

A Toyota alcançou um certo sucesso aqui nos EUA com o reboot do velho Bandeirante, chamado FJ Cruiser. O FJ é muito popular por aqui, apesar de ter problemas semelhantes ao Hummer.

Itajaí de Albuquerque disse...

Eu sei, Scylla, que nós integramos o bloco dos sacudidos. Rsrsrsrs.
Francisco, eu não sei qual é a situação pior: se tu atrás do KL ou o KL atrás de ti. HAHAHAHAHAHA.
Raul, eu ainda acrescento um outro atributo do Hummer: nenhum outro veículo norte-americano simbolizou melhor as guerras do Afganistão e Iraque!

Scylla Lage Neto disse...

Na verdade eu jamais compraria um Hummer pois gosto mesmo é dos esportivos europeus.
Mas que ele torce o meu pescoço na rua, isso não posso negar.

Francisco Rocha Junior disse...

Pô, Itajaí, qual é... :)