sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Comeu Abiu e Fez Cara de Paisagem. Quousque Tandem?

Face ao vendaval policial que meteu no xilindró parte dos dirigentes da Secretária Municipal de Saúde de Belém (Sesma), por conta de acusações gravíssimas de corrupção, é de se perguntar onde está o prefeito de Belém que não convoca uma coletiva para dar satisfações à sociedade. Deveria usar do seu direito constitucional de liberdade e livre expressão e dar explicações sobre o inexplicável.

A expressão latina incluída no título não é pedantismo. Significa até quando e foi dita por Cícero a Catilina no senado romano, a propósito da postura amoral deste frente à gravíssimo assunto de governo. A frase completa é Até quando, Catilina, abusarás de nossa paciência. Acho que a indignação e a frase de Cícero bem reproduzem aquela experimentada pelos cidadãos de Belém.

2 comentários:

Yúdice Andrade disse...

Protestar é nosso dever de cidadãos, Itajaí. Mas tu não te sentes exausto de cobrar coisas dessa desgraça que atende pelo nome de Duciomar Costa? Cobrar responsabilidade desse sujeito, cobrar que seja prefeito de Belém equivale a enxugar gelo e dar banho em pato.
Eu me sinto exausto.

Itajaí de Albuquerque disse...

Não se pode esmorecer, ou estaremos sinalizando sim para que outros venham. O que me admira é a posição confortável desse indivíduo. A chamada sombra e água fresca, com que desfruta as consequências dos desmandos que pratica. Tudo pode cair ao redor dele, mas ele permanece incólume. Este para mim é o maior prodígio.