sábado, 27 de novembro de 2010

Total vigília



Na primeira vez eu achei que a digitadora havia se enganado.
Na segunda vez pensei que a clínica ainda não havia trocado de digitadora.
A partir do terceiro exame de "eletroencefalograma em vigilha" eu tive a convicção de que há algo de muito errado, ou na medicina, ou na língua portuguesa.
Vigília já!

3 comentários:

Yúdice Andrade disse...

"Vigilha" não seria aquela parte do corpo ali pelas partes baixas? Vão fazer um eletroencefalograma das partes...
Ahahahahahahah

Itajaí de Albuquerque  disse...

Quando vier um "em virilha", não duvide: saia correndo, que a coisa é séria.

Scylla Lage Neto disse...

Yúdice e Itajaí, vigilha e virilha rimam com bargilha, e como diria o Robot ao finado Dr. Smith: PERIGO, PERIGO!
O grande perigo, acho eu, começa no local que você escolhe para realizar o seu exame.
Portanto, vigília total.
Abraços.