sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Não Tomarás o Santo Nome Em Vão














O "santinho" foi distribuído em comícios e foram impressos cerca de 2 milhões de exemplares, conforme notícia publicada no G1

9 comentários:

ASF disse...

Itajaí, um pelo outro eu não quero troco. Não quando se refere ao quesito hipocrisia religiosa.

A Dilma em Aparecida, preocupada com as câmeras de TV, também foi uma cena digna de um Daniel Plaivew de "Sangue Negro".

Desculpa, mas essa é a verdade.

É muito triste que o debate na campanha seja forçado a descer a esse nível para que possa ser assimilado pela maioria.

Anônimo disse...

Ei, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.
Entendeu?????
Explico. Uma coisa é ir a uma missa em uma festa religiosa. COisa que fazem todos, políticos e não políticos, religiosos e não religiosos.
Outra coisa é esse santinho ai. É dizer-se, quase, Deus.

Anônimo disse...

"Jesus Cristo é a verdade e a justiça"
Ou, subliminarmente

"Serra é a verdade e a justiça"

Itajaí de Albuquerque  disse...

ASF,
Se é aquela estória do sinal da cruz da direita pra esquerda, da esquerda para direita, você deveria observar como o vídeo muda de velocidade no momento daquele ato, acelerando os quadros, ao modo como editado de trás pra frente. O problema é que essa gente sempre joga com a credulidade alheia.
E deixa eu te dizer uma coisa: para que a Dilma deveria fingir que é católica? Ora, se Dilma não fosse católica (veja a que ponto chegou a discussão, ASF!), ao visitar Aparecida, ganharia do mesmo modo visibilidade e respeito, aliás como acontece quando o Presidente Lula vai às sinagogas no Yom Kippur, sem que para isso precise dizer a prece da Neilah. Como ocorre comigo, quando compareço nas sinagogas com a minha esposa: fico respeitosamente sentado (não sou convertido), enquanto ela em outro local do templo reza.
E viva o cinema, que me deu o olhar certo para perceber manipulação amadora de vídeos.
Para quem quiser conferir o vídeo, basta digitar no YouTube: Dilma Aparecida.

Anônimo disse...

A ideia é inteligente.
Marcha da família com (Serra) Deus.

Itajaí de Albuquerque  disse...

Anônimo, sem dúvida aquela coisa distribuído nos comícios do Serra é uma coisa muito feia.

Itajaí de Albuquerque  disse...

A propósito desse assunto, deem uma olhada nesse link do Blogue Acerto de Contas:
http://acertodecontas.blog.br/politica/cada-um-enxerga-o-que-quer-ver-mais-uma-da-folha-sp/

ASF disse...

Sinceramente pouco me interessa a religião da Dilma ou do Serra.

E no caso da participação da Dilma em uma celebração religiosa em Aparecida, não vejo problema algum. Mas que soa falso dado todo esse clima da campanha e nesse exato momento, ah, isso soa.

Agora quanto ao tal santinho do José Serra, não há nem mesmo o que comentar!

É como eu disse, é uma pena que o diálogo com o eleitorado precise se dar nesse nível rasteiro para que funcione.

Anônimo disse...

O fato é que Serra adotou os conselhos de seus gurus da TFP e da Opus Dei e a Dilma embarcou direitinho. Assim, quem não é cristão está condenado a viver no inferno, seja quem for o próximo governante. E as empresas católica e evangélica vão continuar vendendo deus e o paraíso baratim baratim, com isenção de impostos e as bençãos de dona Dilma e santo Serra. Projeto político que é bom, néca,néca.