sexta-feira, 25 de maio de 2012

Jazz

---------------

A música é a arte das divindades. O Jazz está  prá mim como um dos grandes sopros da  inspiração divina: sendo metafísica! Ele chegou para aproximar os homens da divindade. Grandes historiadores sociais se interessaram pelo Jazz. Entre eles está o famoso historiador inglês Eric Hosbawm que escreveu  História social do Jazz. Escreve ele: "O jazz nasceu. Porém a sua singularidade não está na mera existência -muitas foram as linguagens musicais especializadas - mas em sua extraordinária expansão, praticamente sem paralelo cultural em termos de velocidade e abrangência, a não ser pela expansão inicial do islamismo." Eu sou uma amante do Jazz! E deixo aqui um artigo delicioso, que está no Obvious, sobre o Jazz como uma alternativa diplomática durante a guerra fria. Vale a pena ler.















Eric J.Hobsbawm
História Social do Jazz
Prefácio do Luís Fernando Veríssimo/ Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

3 comentários:

Lafayette Nunes disse...

Entrou na lista para, ainda, este ano, Marise.

Obrigado.

Homem do Norte disse...

Comecei, mas não terminei ainda por motivos alheios a minha vontade. Vale a pena pelo menos começar, digo.

Marise Rocha Morbach disse...

Roger, você vai conseguir, rsrsrs.