quarta-feira, 16 de maio de 2012

Precisamos lembrar!

--------------------------

As estórias dos torturados pela ditadura militar me comovem profundamente. Sempre foi assim. Consigo imaginar o tamanho do fosso que se abre dentro de um ser humano que passa por um processo desta magnitude. Dilma chorou! Chorou profundo: lágrimas reais. Chorar por amor é coisa diferente. Chorar de tristeza: nem se fala! Mas essa dor que trouxe lágrimas aos olhos de Dilma Rousseff é de uma outra natureza. Talvez da mesma natureza daquela de uma criança abusada por um pedófilo. De uma filha abusada por um paí. Não sei: não conheço esta dor! Mas reconheço o ser humano que sofre em Dilma Rousseff. Precisamos olhar os arquivos da ditadura. Precisamos punir os culpados. A pior coisa da ditadura brasileira é a falsa visão de conciliação que ela produziu. Esta dor é irreconciliável! Por quê as Mães da Praça de Maio são admiráveis? Porque se negaram a  esquecer! Se negaram a esconder o pranto. Daí a grande sacada de Walter Benjamin: O lado revolucionário da melancolia é que ela não nos deixa esquecer. Lembremo-nos pois!

------------------------------



3 comentários:

Lafayette Nunes disse...

Capenga, ou não. Possível, ou não, pensei que nunca iria ver tal questão ser retomada, institucionalmente.

Marise Rocha Morbach disse...

Lafayette eu também pensei nisso. O governo Lula foi decepcionante nessa questão; diria revoltante. Mas é isso, precisamos lembrar.

Ana Cleide Moreira disse...

A esquerda já foi avaliada e a verdade é que uma geração foi trucidada,presa, torturada, exilada e mutilada!

Aliás, essa medo que os militares tem da Comissão da Verdade é também real pois foram eles que, covardemente, destruiram uma geração inteira, torturando, empalando, matando, jogando de avião no mar, esquartejando, praticando um sem número de atrocidades e, levando os civis à luta armada.
Portanto, os civis já foram avaliados por esses senhores, sem julgamento institucional e, condenados a morte e ao exilio.
Agora é hora dos torturadores e generais que os comandavam serem julgados institucionalmente. Sim porque a história já os julgou e a ditadura militar foi para o LIXO da história.
Nós somos os sobreviventes e, uma das mais corajosas entre os que escaparam Dilma Roussef,
cuja firmeza e combatividade não canso de admirar e louvar, não deixará passar em branco os crimes cometidos pelos ditadores, muitos dos quais, juntamente com seus filhotes, seguem dominando, torturando e explorando as mulheres, as crianças e as massas trabalhadoras.
E chegou também a hora da TRANSPARÊNCIA nos negócios públicos, quero ver a cara dos corruptos quando este país começar a cobrar deles o dinheiro roubado do Tesouro Nacional, das obras publicas jamais concluídas, dos desvios de recursos da saúde e da educação, este, a meu ver, o maior dos crimes desta corja ignara que permanece, fisiologicamente no poder há 500 anos!