terça-feira, 16 de outubro de 2012

Paris - Belém


Final dos anos 80, Belém estava na rota da Air France, num voo que vinha de Paris via Caiena. O cartaz acima fazia parte da estratégia de promoção da rota nas agências de viagens na França - sob a chancela da Paratur, nos tempos do governo Hélio "Papudinho" Gueiros. Esse cartaz é da coleção de de meu amigo Maurice Matchoro - francês apaixonado há mais de 30 anos pelo Brasil e especialmente por Belém.
Na busca por informações sobre esses tempos, na internet, topei com a notícia de que a  Trip - do grupo Azul-  solicitou  Anac  a autorização para incluir o seu primeiro destino internacional. Segundo o site da Melhores Destinos, "a companhia deseja iniciar em março de 2013 voos para Caiena, capital da Guiana Francesa. Se aprovada, a rota será operada a partir do Aeroporto de Belém. Segundo a Anac,  os voos serão operados cinco vezes por semana, às segundas, quartas, sextas, sábados e domingos em turboélices ATR-72 com capacidade para 68 passageiros. As partidas do Pará devem ocorrer às 14h30 e da Guiana Francesa às 18h30. O tempo médio de voo entre as cidades é de 2h20. Se não houver restrições por parte da agência nacional, a data prevista de início é 18 de março do próximo ano."
Pode ser que apareça, então, uma concorrência à Air Caraïbes, que faz o voo Belém-Caiena, duas vezes por semana, se não me engano. 

10 comentários:

Marise Rocha Morbach disse...

Lindo, o Cartaz!

Carlos Barretto  disse...

Excelente notícia!
Cheguei a utilizar a ponte aérea "doméstica" Cayenne - Paris via Air France em 2001.
Naquela época, um modestíssimo EMBRAER Brasília de 30 lugares da finada "Penta" nos levava a Rochambeaux.
De lá, um majestoso 747-300 partia rumo a Paris, com desembarque em Orly. O voo, além de contar com os bons serviços de bordo da companhia aérea francesa, nos deixava quase no coração da cidade luz. Resta saber se o preço final será vantajoso comparado com os da TAP para Lisboa, via Recife. É provável que sim.
Se assim for, resta torcer para que o câmbio de Euros em algum momento, seja algo mais favorável do que agora.

Abs

Scylla Lage Neto disse...

Edvan, o cartaz tem um tom de saudosismo bem forte, apesar das poucas décadas passadas.
Bela imagem!
Abs.

Gui disse...

A air caraibes já deixou de voar para Belém, salvo engano desde 10 de agosto. É uma pena.

Edvan Feitosa Coutinho disse...

Verdade, Gui? Quem poderia confirmar essa informação?

Scylla Lage Neto disse...

Caso se confirme a notícia do Gui, Val-de-Cans terá deixado de ser, pelo menos temporariamente, um aeroporto internacional.
Triste para a terrinha...

zahlouthjr  disse...

Verdade, a Air Caraibes deixou Belém em setembro. Lindo o cartaz.

André Batista disse...

O aeroporto de BEL, nao merece mais o "internacional ", pelo que sei. Vergonha! Eu acho. NEm mesmo a air caraibes. Já em Manaus...

Val-André Mutran  disse...

Há muito Manaus dá de sola em Belém quando se fala em Turismo.
Não temos nenhum motivo para reclamar. Fizemos por onde.
A propósito. Que cartaz sensacional!

Edvan Feitosa Coutinho disse...

É mesmo uma pena que Belém não vai adiante no quesito turismo nacional e interncaional
, apesar de todas as potencialidades. O cartaz é bonito, mas falta fortalecer o produto: a nossa cidade, o nooso Estado.