sexta-feira, 30 de março de 2007

Tecnologia e pensamento

Há quem pense que tomar decisões em tecnologia implica em tão somente considerar "aspectos técnicos" e bola pra frente. Contudo, penso eu, trata-se meramente de um equívoco, muito comum entre aqueles que no fundo, eximem-se da tarefa nem sempre muito agradável de aprofundar as coisas.
Este é um debate interessante que o jornalista Sérgio Mari Jr aborda hoje no Webinsider, pegando como foco, apenas o desenvolvimento em informática. Desenvolvimento no sentido de programação de software, websites, sistemas, etc.

É o tipo de questão que não tira o sono de ninguém. Eu mesmo não consigo me imaginar pensado em filosofia enquanto planejo ou desenvolvo um website ou qualquer outra peça de Comunicação ou Design. Contudo, um conhecimento geral sobre as principais correntes de pensamento que permeiam a história da humanidade pode ajudar qualquer profissional de qualquer área a compreender melhor seu trabalho.

E você, o que acha?
Clique aqui para ler a íntegra deste importante artigo.

Um comentário:

oliver disse...

É extremamente complexo. Hoje meu trabalho é exatamente estudar tecnologias em saúde e recomendar ou não a incorporação delas.
De fato o critério técnico não é o principal norteador da recomendação. Vários outros interferem: o ético, o jurídico, o econômico, o estratégico relacionado ao horizonte tecnológico, o interesse social e do complexo industrial.
É, portanto, assunto dos mais complexos e que, na saúde pública brasileira, começamos a dar os passos iniciais.