domingo, 25 de maio de 2008

Bom de mala e cuia

Veja só as especificações deste ultraportátil (ou subnotebook, como preferem alguns):
  • Processador Intel Mobile Celeron 900mhz
  • Memória 512mb DDR2-400
  • Hard Disk 4gb SSD *
  • Placa de Vídeo Intel UMA - 8Mb compartilhada
  • Display Tela 7" WXGA LCD Widescreen
  • Som Integrado Compatível com Sound Blaster (Hi-Definition Audio CODEC)
  • Microfone embutido / 2 Autofalantes embutidos
  • Web Cam 300K pixel video camera
  • Leitor de Cartão 4 em 1 : SD e MMC
  • Lan/ Rede 10/100/1000 Gigabit ( RJ-45)
  • Wireless Rede 802.11 b/g
  • Modem 56k
  • Sistema Operacional Linux Pré Instalado /Compativel com Windows Xp (!!!!)
  • NÃO POSSUI LEITOR OU GRAVADOR DE CD/DVD
  • 3 portas USB 2.0
  • Entrada para Microfone
  • Entrada para Fone de Ouvido
  • Saida VGA para Monitor
  • Touch Pad c/ Scroll Pad dedicado
  • Bateria de 6 células com 3 horas previstas de funcionamento
O que achou?
Ora! Você, leitor do Flanar, já deve estar acostumado a máquinas imensamente mais poderosas. Certamente pode ter pensado: esta máquina é uma droga!
Eu diria: depende.
Como já tivemos oportunidade de afirmar aqui em inúmeras oportunidades, toda máquina tem o seu uso e seu destino certo. Se você não joga, não utiliza aplicativos gráficos e nem edita vídeos, não precisa de uma supermáquina avaliada em milhares de reais. Aliás, se você não precisa de mobilidade, não tem razão para adquirir um portátil. Basta comprar um bom desktop que tudo estará na sua medida.
Mas se você precisa de mobilidade, também não precisará do bichinho descrito acima. Ele não cumprirá com eficiência e rapidez as tarefas cotidianas que você necessita. Muito embora venha com Open Office instalado.
E se você tem o perfil business e necessita de um portátil poderoso o suficiente para produzir e transportar uma centena de documentos, editar algumas imagens e vídeos, formatar apresentações, melhor sair de Macbook Air ou algum outro portátil Wintel como o pequeno Sony VAIO VGN-TZ35AN/B. Mas veja o precinho deles! É o preço da mobilidade.
(Aliás não esqueça de clicar no link do Macbook Air acima e veja como seu preço caiu. Aproveite e verifique os preços de toda a linha Apple. Você vai se surpreender).

Mas afinal de contas, qual então seria a melhor função do portátil que dá origem a este post?
Tá aqui a cara do bichinho.



É o incrível ASUS eePC. Disponível em várias cores além de preto e branco, o ultraportátil é de fato uma máquina modestíssima. Chega a ser mesmo quase indecente, frente a inúmeros produtos disponíveis no mercado.
Mas eu consigo ver uma grande utilidade para ele. Viagens!
Seria o companheiro perfeito para tudo o que necessito em viagens nacionais ou internacionais.
Acessar WiFi Zones de todos os aeroportos, hotéis, lojas, cafés, praças, mandar e-mails, entrar na internet, publicar no blog, utilizar os comunicadores instantâneos para comunicação em tempo real, e além disso tudo, ainda acessar alguns documentos MS Office compatíveis.
Tudo isso enfiado em um levíssimo produto que entra em qualquer pasta, bolsa ou mochila.
Pesa apenas 0,9 kg!
Pois será meu fiel companheiro na viagem prevista para o final de Julho. Dele, postarei para o Flanar, relatando minha experiência com o produto e a viagem, é claro.
Se não der certo? Bem, meu filho menor há de achar alguma utilidade para ele. Com absoluta certeza.
E por 10 prestações sem juros de 99,90 + frete grátis, não há razão para hesitar.
Quer saber onde encontrar com esta facilidade? Deixa de preguiça e dá uma passadinha no Buscapé.
Handhelds? Smartphones?
Ora, meu caro. Você já navegou e ficou satisfeito com aquelas pequenas telas de palmtops? Fale a verdade! São ótimos mas, limitadíssimos. E seus propósitos são outros. Com certeza, navegar na web não é o melhor deles.

Obs: se visitarmos o sítio oficial da ASUS, veremos outros modelos mais avançados do que aqueles, até o momento, disponíveis no Brasil

* HD de 4 gigabytes com tecnologia de estado sólido, sem partes móveis. Se precisar de mais armazenamento, que tal utilizar pendrives? Ele possui 3 portas USB 2.0.

4 comentários:

Ézyo Lamarca disse...

Embora o GNU/Linux que venha nele (Xandros, customizado pela Asus) seja muito bom, rápido e possa ficar todo em português, usar o Ubuntu 8.04 com Compiz, BrOffice.org, Skype 2.X, Google Earth, aMsn, é muito melhor, pois tudo continua funcionando (câmera, leitor de cartão, wi-fi) e com uma infinidade de possibilidades que só o Linux/Ubuntu oferecem!

Flanar disse...

Excelente sugestão, caro Ézyo.
Andei lendo na web alguma coisa sobre isso. Mas lhe pergunto: existe alguma distribuição tipo XUbuntu já reduzida para caber no eePC com toda a funcionalidade, ou terei que instalar a partir da imagem atual do Ubuntu disponível na web e configurar a instalação manualmente?
Abs e obrigado pela visita e comentário.

Ézyo Lamarca disse...

Prezado,
Segue o link para o tutorial de instalação do Ubuntu 7.10:
http://www.tecnoclasta.com/2008/02/26/instalando-ubunto-no-eeepc/
Útil devido a dica de como colocar o Ubuntu num pendrive e sobre ativação da câmera no setup e aplicativo para utilizá-la (Cheese).
Abaixo segue outro tutorial, para a instalação do Ubuntu 8.04:
http://siriarah.wordpress.com/2008/05/06/instalando-o-ubuntu-804-no-eee-pc/
O script presente nesse último tutorial é completo, configura tudo: resolução, wi-fi, etc.
Caso queria tentar uma distribuição feita exclusivamente para o eeePC, segue o link:
http://eeeos.interactivelaboratories.com/
Não testei essa distribuição, por isso não posso emitir parecer.
Mas caso querias, podes continuar com o Xandros customizado pela Asus, passando-o para o português:
http://forum.eeeuser.com/viewtopic.php?pid=132153
Tenho o eeePC desde o começo de janeiro e já utilizei para fazer apresentações utilizando projetor multimídia, navegar na Internet, descarregar fotos via leitor de cartão, etc.
Estou aguardando o 3G chegar à Belém para completar as funcionalidades móveis do eeePC.
Boa sorte com o seu!
Vale muito a pena!
[]'s

Flanar disse...

Caríssimo Ézyo.
Seu comentário é valioso e vai pra ribalta deste blog agora mesmo. Seja pelo texto simples e objetivo que reflete uma experiência original com o eePC, seja pela qualidade (e quantidade) de informações que tem o poder multiplicador, bem típico da boa e velha comunidade Linux.
Abs e obrigado.
Valeu de montão!