domingo, 25 de janeiro de 2009

Dois pesos e duas medidas

No blog do Ricardo Noblat, edição de hoje:

De Elio Gaspari:

Tem muita gente boa aplaudindo Barack Obama porque ele proibiu a prática de torturas contra presos. O suplício mais conhecido era a simulação de afogamento.

Um pedaço dessa mesma plateia emocionou-se com a valentia do Capitão Nascimento no filme "Tropa de Elite" e com o poder de persuasão de seus sacos de plástico.

É um novo tipo de esquizofrenia política. O sujeito é Obama nos Estados Unidos e George Bush no Brasil.

2 comentários:

Itajaí de Albuquerque disse...

Excelente! Ou como tu dizes: cirúrgico.

Francisco Rocha Junior disse...

E não é, Itajaí? No alvo!
Abraços.