domingo, 21 de novembro de 2010

Guidestones: As pedras da Geógia

















Incrível reportagem da revista Wired sobre as pedras da Georgia. É uma das reportagens mais interessantes que li este ano.
As Guidestones, fincadas no Condado de Elbert County, é comparada ao mistério das Stonehenge britânica.
A principal característica do monumento, no entanto, seria o 10 ditames esculpidos em ambas as faces das pedras exterior, em oito línguas: Inglês, espanhol, russo, chinês, árabe, hebraico, hindi e suaíli. Uma declaração de missão das sortes (que sejam estes os Guidestones a uma idade da razão), pós apocalipse. Foi também gravada nas laterais da pedra angular em hieróglifos egípcios, grego clássico, o sânscrito, e cuneiforme babilônico. O conjunto de monolitos que têm múltiplas intenções, dentre elas, calendário, relógio... Os pastores do local, não muito diferentes do fundamentalismo pentecostal brasileiro – leia-se – Silas Malafaia & Cia. Acusam o monumento ter sido obra de uma seita "luciferiana."
Ela contém blocos de granito que vistas de cima tem a forma da letra x, como se estivesse a sinalizar um ponto de aterrisagem para uma espaçonave.
Nos dez mandamentos esculpidos, o mais polêmico deles, é manter a humanidade em não mais do que 500 milhões de pessoas na Terra.
Teóricos da conspiração têm conseguido grande espaço na mídia americana sobre os mistérios que envolve o enigmático senhor elegante e de cabelos grisalhos – já falecido – que encomendou o monumento inaugurado em 22 de março de 1980, que atrai visitantes de todo o mundo e está no Guia da Geographic Internacional.
Yoko Ono homenageia o Guidestones em1993, com uma faixa chamada "Pedra da Geórgia" para um álbum de tributo ao compositor de vanguarda John Cage.
Para completar as informações sobre essa incrível história leia Elberton Granite in 1981

2 comentários:

Scylla Lage Neto disse...

Super!!!

Val-André Mutran  disse...

Scylla. É a história mais fantástica que tive conhecimento nos últimos anos.