quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Ciência: a poesia da realidade



Com a morte de alguns grandes divulgadores da ciência, como Stephen Jay Gould e Carl Sagan, ficamos um pouco órfãos de catalizadores de conhecimento e de catadores de bons cérebros para semeá-lo.
O projeto musical Symphony of Science, criado por John D Boswell para espalhar ciência e filosofia na forma de música, me parece bem interessante.
Quem imaginaria Carl Sagan, Stephen Hawking e outras estrelas de vários ramos de atividade atuando como "cantores"?!
Escolhi o terceiro vídeo do projeto, The Poetry of Reality, para sacudir nossos neurônios nesta quarta-feira nebulosa.
Tenham um dia cheio de ciência e de poesia!

4 comentários:

Silvina disse...

Put a keep are u!
Scylla, arrasaste no post! Que coisa linda! Poesia, música, filosofia, reflexões. Uma serie de emoções se desencadeiam que nem dá pra expressar em palavras.
Estou apaixonada pelo site. Vou fazer uma donate. Esse projeto precisa continuar. Considero meu presente de niver, from you to me.
E o Morgan Freeman... Eu já era fã dele, agora mais ainda.
Égua, Scylla! Valeu!

Scylla Lage Neto disse...

Silvina, I'm glad you did enjoy the post. Anyway, I knew you would, right from the start...
Mas não é seu presente de niver, não!!!
Carpe diem!

Homem do Norte disse...

Ciência e poesia é uma dualidade marcante na "montanha russa" de nosso cotidiano. A queda livre intercalada por momentos mais sóbrios, de subidas escarpadas, podem muito bem representar esse latifúndio chamado conhecimento. "Eles amam o não saber" é simplesmente fantástico, como todo esse vídeo. Coisa linda.

Scylla Lage Neto disse...

Roger, você que vive essa montanha russa dia-a-dia bem sabe o quão importante é apreciar tanto a subida quanto a descida.
Abs.