segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Prá onde?


-------------------------------------


- Prá  onde vai o meu amor, quando  o amor acaba? - perguntou Chico Buarque em uma de suas músicas mais geniais:  Almanaque.  Amante que sou da política, também  pergunto: Prá onde vai a política quando começa o horário eleitoral gratuíto? Prá onde? Começamos pelo problema da gratidão. Duciomar Costa espera que os eleitores tenham gratidão por ele.  Votando em Anivaldo Vale, os eleitores podem expressar  sua gratidão por Duciomar Costa.  Que coisa! Gratidão?  É certo que na produção de uma  “ética cotidiana”, as religiões tem grande influência. E, se denominando um  "cristão legítimo", Duciomar Costa está correto em apelar para a gratidão. Como sou uma eleitora avessa à gratidão,  escuto com  indignação este apelo publicitário; e penso que Duciomar Costa deveria queimar no fogo do  inferno. Mas vai lá: já que a garota propaganda lê o texto do Dudu de esguelha: com os olhos no canto do vídeo. E a política Duciomar Costa; cadê?  Aguardo o próximo programa, e lá vem o candidato do PT, Alfredo Costa.  Nada, coisa alguma de política: além da construção de elevados: agora são três.  O programa do PT é triste: não tem militância, não tem política, não tem nada. Aguardo  pelo próximo: e ai vem os nanicos: todos com soluções mágicas e  resoluções fantásticas para continuar lutando por uma vaga  em algum lugar da política: mas não dizem de qual política estão falando. Depois é  Priante, candidato do PMDB. De um ser eufórico, agora ele se transformou em mansidão. Fala baixo, é comedido, e está profundamente adornado pelas dores do mundo.  E  Zenaldo Coutinho?  Faz gosto ver  o currículo do doutor sabe tudo. É um baluarte da razão.  Junto com Simão Jatene formam  uma dupla de realizadores imbatíveis. Tão imbatíveis que ninguém acredita....  Estão para além dos homens comuns; e os eleitores querem votar em seres de  carne e osso.  Edmilson Rodrigues tem um programa  morno e sem política. Mas está verdadeiramente ali; ele próprio, ele mesmo; ele: apenas! Um ser perfeito e combativo. Jamais erra;  jamais falha;  jamais ilude. E,  parece que o eleitor  prefere ficar com o Edmilson Rodrigues. Parece que sim!  


-----------------------

6 comentários:

Pedro do Fusca disse...

Marise, será que o candidato do Duciomar vai tambem "estudar" Medicina para sair por ai "clinicando"?

Carlos Barretto  disse...

Ótimo post!

Scylla Lage Neto disse...

Endosso o Barretto: excelente!

Marise Rocha Morbach disse...

Obrigado queridos!

Marise Rocha Morbach disse...

Pedro, nunca se sabe!

Rebecca Clark disse...


Saudações irmãos e irmãs de Umbanda e Candomblé!

Algo que estamos lutando durante muito tempo está prestes a se tornar realidade, em discurso o nosso irmão e candidato Edmilson nos prometeu isenção de IPTU dos terreiros de Umbanda e Candomblé, assim como os templos dos nossos irmãos católicos e evangélicos. Além disso, ele promete combater a intolerância religiosa e nos concedera o direito a realizações de cultos em espaços públicos, incluindo também a proteção e preservação dos conhecimentos tradicionais.
Sou praticante do Candomblé e nunca vi um apoio tão grande de um político a nossa religião.
Esse é nosso canditato, Saravá a todos!

http://www.programabacana.com.br/site/?p=324