domingo, 28 de dezembro de 2008

Além do limite

Certas atitudes, flagrantemente inadequadas por parte de algumas pessoas em cinemas e casas de espetáculos, muitas vezes podem deixar nossa tolerância no limite de exigir ou tomar pessoalmente alguma providência. E é uma pena que nesta pequena cidade, com "hordas" de egoístas, elas sejam bem mais frequentes do que o normal.
Mas chegar a este ponto, só em países onde qualquer um, pode comprar qualquer tipo de arma em muitas esquinas.

Um comentário:

Rz disse...

Recentemente fui ao espetáculo do Edu Lobo aqui em Belém e fiquei horrorizada com o público: gente fumando,bebendo. Não paravam de conversar, de ir ao banheiro e de comprar mais bebida. Uma lástima!
Também fiquei chocada com a sujeira deixada em uma sala de cinema do Iguatemi, logo após o fim do filme!
Por que será que pessoas que parecem ser tão educadas, em locais públicos se transformam em seres tão pouco solidários do bem comum?
Rz