quinta-feira, 14 de maio de 2009

Poupança do povão

“A caderneta de poupança é o único refúgio da economia popular. O governo sabe disso, mas, estranhamente, anunciou uma desoneração temporária nos fundos de aplicação e uma tributação permanente na poupança, que guarda o fruto do trabalho do povo”.

Eis aí um excerto da nota oficial exarada por partidos de oposição - PSDB, PPS e DEM -, exercitando a confortável posição em que se encontram e a sua visão mauricinha de mundo.
Vamos falar sério: o povo, o povo verdadeiro deste país, pode até chegar a ter uma caderneta de poupança. Mas em condições normais nunca chegará a ter 50 mil reais depositados nela (valor abaixo do qual não incidirá a nova tributação, fruto da inesgotável sanha arrecadadora de um Estado corrupto). Poupança nesse valor deve ser coisa de filho dos ilustres integrantes desses partidos, ainda na infância.
Deve ser sim, como gostamos de dizer por aqui.

2 comentários:

Carlos Barretto disse...

Deve ser sim!

. disse...

Deve ser sim [2]!

Essa galera tem sempre uma visão enviesada da realidade.