sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sinais dos tempos

Eu já gostei mais das posições do Ministro Marco Aurélio. Mas chegar à conclusão de que Gilmar Mendes foi melhor está me assustando muito...

6 comentários:

Alan Souza disse...

O problema do Marco Aurélio é que ele é de uma vaidade galática. Em alguns casos mais vistosos, ele prefere por vezes trocar o bom Direito (ou a razão) pelo holofote. Tem gostado mais da polêmica do que do Direito...

Marise Rocha Morbach disse...

É vero Yúdice!

Silvina disse...

Alain, se for isso, essa vaidade é mais burra que o comum ( toda vaidade é naturalmente burra), pois se quer holofotes deveria aplicar o bom Direito, neste caso, fazer a boa Justica e ficar muito bem na foto. Felizmente tem gente no STF que nao voto como carneirinho.

José María Souza Costa disse...

CONVITE

Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, é leve, dinamico e sobretudo Independente. Palpitamos sobre quase tudo. Diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a Amizade que fizermos.
Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
Abraços do
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Alan Souza disse...

Silvina, aqui em Brasília, no meio jurídico, diz-se que o se o Marco Aurélio abrir a boca o ego escorre por ela...

Tem uma estória folclórica sobre ele, que conta-se há anos: um estagiário encontrou com ele nos corredores do STF e, querendo ser afável (e também reverenciando-o...) o cumprimentou com a seguinte frase:

- Bom dia, ministro, tudo bem? Quais são as novidades?

Ao que Marco Aurélio responde, com aquele seu (pedante) ar de surpresa:

- Novidade? Novidade, pra mim, é essa nossa intimidade!

Yúdice Andrade disse...

Além do que já posto, meus caros, existe o problema de que o ministro anda cada vez mais à direita em suas orientações políticas. Isso pode comprometer decisões relacionadas a interesses imediatos do governo do momento.