domingo, 16 de setembro de 2012

O que esperar?

--------------------

Tudo indica que os eleitores de Belém vão decidir a eleição em primeiro turno. Tudo indica que Edmilson Rodrigues será o próximo prefeito de Belém. A simples descrição de uma curva de intenções de Voto já nos levaria a esta conclusão. Mas, e é claro, vários fatores podem alterar a trajetória da curva, inclusive para ampliar as vantagens de Edmilson Rodrigues.  De qualquer forma, o que me intriga é o depois. O que se pode esperar do próximo Prefeito de Belém? A situação do município é calamitosa. Faço cálculos e mais cálculos, e fico pensando como repor os danos causados aos equipamentos de saúde e educação? Como resolver as questões de saneamento e abastecimento de água? Lúcio Flávio Pinto, com a coragem que lhe é peculiar, tem apontado o tamanho da porrada que vamos levar já já em relação ao abastecimento de água potável de Belém. A Celpa não é uma questão municipal, mas nos atinge de frente. A passagem de ônibus  foi para 2,20, com uma frota sucateada e com motoristas à beira da loucura. Por que Edmilson Rodrigues quer ser prefeito? Esta é uma pergunta necessária. Não a faço ao Zenaldo Coutinho, pois me sinto afrontada com a ideia de que só haverá  parceria com o Estado se Zenaldo for eleito. Imagino que muitos eleitores estão no mesmo ponto de inflexão que eu. Como será possível governar Belém depois de Duciomar Costa? Como? E Priante, o que tem a oferecer? Em Belém, ele está irremediavelmente ligado às taxas de rejeição de seu tio, o senador Jader Barbalho. Não o vejo com a menor condição de ser eleito; nem em um hipotético segundo turno. Agora, o que podemos esperar do governo de Edmilson Rodrigues; o quê?

----------------------------------------------------------

12 comentários:

Pedro do Fusca disse...

Marise, não é só em Belem que existe esta grande rejeição pelo Jader Barbalho em Ananindeua seu filho que governa esta Cidade e que tem no Baile das Debutantes a sua maior obra estruturante, seus candidatos Chicão e Eliel estão levando uma surra segundo as pesquisas.

Scylla Lage Neto disse...

Marise, como dizia o incorrigível Barão de Itararé, "de onde menos se espera, é daí que não sai nada mesmo..."
Rss.

Marise Rocha Morbach disse...

Boa Scylla!

Erika Morhy disse...

E nisso que ele ou qualquer um que seja eleito se fia, pra tentar explicar pra população seus motivos para não ter logrado uma boa gestão. O fato é que vai penar, venha quem vier encarar a missão.
Me parece que deveríamos ter um mínimo segurança de que não estaremos subjugados a projetos, mas a políticas de estado, que tivessem continuidade independente do gestor ou do partido... uma lástima!

Cléoson Barreto disse...

Eu sinceramente só espero que, caso Edmilson seja eleito, ele não use a situação lastimável em que se encontra a cidade como desculpa para um possível má administração. Nem ele nem qualquer outro.

Flavio disse...

Esse preconceito de ligar o Priante à família já está mais do que ultrapassado. O cara já provou com atitudes que só quer o melhor para Belém. Ainda o vejo como o candidato que fará frente a Edmilson no 2o turno.

Nicole Allen disse...

A prefeitura de Belém não tem recursos suficientes pra combater a pobreza sozinha, por isso é necessário que o prefeito faça parcerias com o Governo Federal e o Governo do Estado. O José Priante é o candidato com melhores relações com o governo, por isso ele tem que ser o futuro prefeito da nossa cidade.

Carol disse...

Olha, acho que primeiro ele terá de fazer uma varredura nas contas da prefeitura. Outro dia, em São Brás, ele falou que dará continuidade à construção do BRT (veja esse vídeo http://youtu.be/Rkbv0OWGma4), mas a situação dessa obra é alarmante: o projeto não foi aprovado pelo governo federal (embora, houvesse verba pra isso) por conta das maracutaias de Duciomar. E ele tá usando outras verbas do município, que não eram destinadas a isso, endividando Belém. Apesar disso, acredito que ele vá biscar verbas onde for possível pra viabilizar seus projetos logo no primeiro ano.

Marise Rocha Morbach disse...

Bela pegada Erika, à altura dos fatos. Bj.

Marise Rocha Morbach disse...

Pedro, a rejeição contra Jader na região metropolitana de Belém é grande.

Lafayette Nunes disse...

Edmilson sem o PT será melhor que, agora, com o PSOL e o PCdoB?

Acho que sim!

Yúdice Andrade disse...

Sobre Priante, a pá de cal para mim aconteceu no pleito municipal passado. Lembram-se de um detestável "debate" na TV, com os candidatos do 2º turno, no qual o tal de Duciomar fez a Priante uma só e única pergunta a noite inteira, sobre saúde?
Naquela noite, vimos um porcaria como Duciomar Costa desarvorar Priante, que gaguejava e não conseguia desenvolver nenhum raciocínio.
Um sujeito humilhado publicamente por uma ameba não tem o menor preparo para governar sequer uma cidade de Lego, que dirá a nossa. Não sei que razões concretas seriam essas que provam o amor de Priante por Belém, mas com ou sem Jader Barbalho só vejo nele alguém ocupado somente consigo mesmo.